Compartilhe

O que é realidade aumentada e exemplos de uso

20 de julho de 2022 10:21

Compartilhe:

O que é realidade aumentada e exemplos de uso

Realidade Aumentada (AR) está tendo um impacto incrível em todos os setores, com casos de uso que vão de jogos, a turismo, publicidade e entretenimento.


É uma tendência crescente entre as empresas envolvidas em computação móvel e aplicativos para experimentação de produtos.


Veja o que é, como funciona e quais são os principais casos de uso de realidade aumentada 3D.


Neste artigo, você encontrará:

  • O que é realidade aumentada (AR)
  • Como funciona a realidade aumentada (AR)
  • Qual o objetivo da realidade aumentada (AR)
  • Realidade aumentada - Exemplos
  • Apps de Realidade aumentada
  • Diferença entre realidade virtual e realidade aumentada
  • Quais os benefícios da realidade aumentada
  • Como a realidade aumentada pode ser usada?

O que é realidade aumentada (AR)

A realidade aumentada (AR) é uma versão aprimorada do mundo físico real que é alcançada através do uso de elementos visuais digitais, som ou outros estímulos sensoriais e entregues via tecnologia. 


A realidade aumentada usa o ambiente do mundo real existente e sobrepõe informações virtuais – ou mesmo um mundo virtual – em cima dele para aprimorar a experiência. 


Por exemplo, pense em Pokémon Go, onde os usuários estão pesquisando em seus bairros da vida real por personagens animados que aparecem através do seu celular ou tablet. 


Assim, a realidade aumentada pode ser aplicada de várias maneiras – você pode usá-la para parecer um gatinho fofo ou encontrar direções em shoppings. 


tecnologia de realidade virtual  já permite que você experimente roupas, aplique uma nova cor na sua parede ou veja como os novos eletrodomésticos ficarão na sua mesa.

Como funciona a realidade aumentada (AR)?

A Realidade Aumentada sobrepõe informações ao mundo real e pode ser experimentada por meio de dispositivos móveis como óculos ou celulares.


Por exemplo, um funcionário do armazém pode usar seus óculos para identificar a prateleira na qual a peça de reposição que está procurando pode ser encontrada. 

Ou o mecânico recebe informações úteis sobre o componente técnico que deve reparar. 


O jogo Pokémon Go é provavelmente um dos exemplos mais famosos de AR.


Um princípio da realidade aumentada, na verdade, é o da sobreposição. 

Para projetar imagens e elementos, a RA usa visão computacional, localização simultânea, mapeamento e rastreamento de profundidade (dados do sensor calculando a distância até os objetos). 

Isso permite que as câmeras coletem, enviem e processem dados para mostrar conteúdo digital relevante para o que o usuário está vendo.

Qual o objetivo da realidade aumentada (AR)

A principal função da realidade aumentada é se entrelaçar com o ambiente real e adicionar elementos virtuais, mas realistas. 

É muito eficaz para demonstrar resultados futuros em construção, design de interiores, varejo ou medicina.

Assim, você pode dar aos compradores de imóveis a capacidade de ver como será sua futura casa, como ficará um novo sofá em seu quarto ou ver como ficará seu sorriso após uma visita ao dentista.

A câmera da rede social "Instagram", com filtros de óculos, aranhas ou animais presos em seus rostos e até roleta de perguntas, são exemplos mais simples do que a tecnologia AR pode fazer. 

Apesar disso, a popularidade destes aplicativos levou a uma imagem generalizada do AR oferecendo diversão e surpresa extraordinárias, sendo que este é apenas um aspecto de como o AR é usado.

 A realidade aumentada torna tudo isso possível!

Continue a leitura e conheça alguns aplicativos que usam realidade aumentada.

Realidade aumentada exemplos

Os principais exemplos de uso de realidade aumentada são de: 

  • Visualizações de espaços: imóveis, arquitetura, ambientação de cenário.
  • Navegação e visitas guiadas: passeios pela cidade com informações estendidas
  • Visualizações de produtos: visualizar o produto desejado com antecedência
  • Entretenimento: votação do público ao vivo na TV - unindo TV e digital

A realidade aumentada pode ser encontrada em diversas áreas como por exemplo: na medicina - para representação de áreas não visíveis, na proteção militar e civil - para simulações de treinamento, na arqueologia e geologia - para scans de solo, e muitas outras.

Apps de Realidade Aumentada

Aqui estão 10 apps de realidade aumentada para experimentar a tecnologia em diversas áreas:

  1. Google “Veja em 3D” (recurso de pesquisa)
  2. BBC Civilizations AR
  3. Google Maps Live View
  4. SketchAR
  5. Medida (iOS)
  6. Pokemon Go
  7. Minecraft Earth
  8. Mondly
  9. Inky Hunter
  10. Google Tradutor

Diferença de realidade aumentada e realidade virtual

A realidade aumentada e a realidade virtual costumam ser confundidas, então vamos esclarecer. 

Enquanto a realidade virtual oculta completamente o mundo real para que o usuário possa mergulhar no ambiente virtual, com a realidade aumentada a realidade é mantida e apenas complementada com elementos virtuais

Tanto a realidade virtual quanto a realidade aumentada são tecnologias necessárias para construir e acessar o metaverso. 

A realidade virtual, ou VR, é uma experiência virtual em que você substitui seu ambiente atual por um ambiente simulado.

A realidade aumentada é basicamente a realidade de nossas vidas cotidianas, mas com uma camada extra de informações em cima dela. 

Como o app de realidade virtual da marca L'Oreal que permite testar diferentes tipos de maquiagem em seu rosto. 

A coisa mais importante sobre AR é que quase todos podem experimentá-lo, porque tudo que você precisa é de um smartphone. O objetivo da realidade aumentada é ampliar o valor para os usuários.

Quais os benefícios da realidade aumentada?

Cada vez mais os consumidores estão começando a obter benefícios tangíveis da tecnologia AR e esperam isso como parte de seu processo de compra.

Por exemplo, alguns pioneiros no setor de varejo desenvolveram tecnologias projetadas para aprimorar a experiência de compra do consumidor. 

Ao incorporar a realidade aumentada em aplicativos de catálogo, as lojas permitem que os consumidores visualizem como seriam os diferentes produtos em diferentes ambientes. 

Para móveis, os compradores apontam a câmera para a sala apropriada e o produto aparece em primeiro plano.

Como a realidade aumentada pode ser usada?

Os aplicativos AR permitem que os usuários acessem e interajam com o conteúdo AR. 

Esses podem ser aplicativos de mídia social bem conhecidos (como Facebook e Snapchat) ou podem ser aplicativos nativos ou da Web personalizados projetados para fins específicos, como o aplicativo 'IKEA Place' da Ikea, que permite aos usuários ver o que um pedaço de móveis ficariam em seu ambiente doméstico.

Os elementos digitais são inseridos diretamente em uma tela, diante dos olhos de quem vê. Assim, a informação virtual e nosso ambiente real apenas se sobrepõem. 

Um exemplo? A câmera lê o objeto no quadro, o sistema o reconhece e ativa informações que se sobrepõem e se integra perfeitamente com a realidade, aumentando a quantidade de dados de detalhes em relação a esse objeto.

Leia também:

exemplos_de_uso_de_ar_0f65ce0d98.jpg

Criptomoedas em destaque

    Posts recentes

    Suporte Binance: telefone, central de atendimento e SAC

    Suporte Binance: telefone, central de atendimento e SAC

    11 de outubro de 2022 19:57

    Outras postagens

    Logo DisruptiveVerse
    Blog
    ExchangeBlockchainNFTMetaversoRealidade virtualRealidade aumentada
    Sobre

    DisruptiveVerse.com é um site de conteúdos e notícias de criptomoedas e metaverso voltado para tudo que é disruptivo e inovador. Somos independentes de instituições financeiras ou qualquer outra empresa e ganhamos dinheiro quando você clica em um link ou algum anúncio postado nesse site. Não recomendamos ou indicamos a compra de nenhum produto, serviço, ativo financeiro, criptomoedas ou qualquer outra coisa. Não nos responsabilizamos por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

    © 2022 Disruptive Verse. Todos os direitos reservados.